Facebook Twitter Google+

CONECTANDO MUNDOS 2017-2018
Senbazuru. Construindo a paz

Senbazuru é o nome que se dá aos 1000 grous de origami que, segundo a tradição japonesa, se constroem para conseguir obter um desejo. Converteram-se num símbolo pacifista em todo o mundo desde a história de Sadako, uma menina atingida pela bomba de Hiroshima, que decidiu dobrá-los com o desejo de se curar e para que o mundo pudesse viver em paz.

A promoção de uma cultura de paz e de não-violência é um dos objetivos de desenvolvimento sustentável que a comunidade internacional assinalou para fazer face aos desafios que o nosso mundo e a nossa sociedade apresentam.

Construir a paz e acabar com a cultura da violência é uma responsabilidade de todas as pessoas e, para isso, é necessária uma educação que valorize e promova as atitudes não-violentas em todas as áreas de relacionamento. Atitudes que favoreçam a cooperação, que valorizem a igualdade de género, a riqueza da diversidade e que procurem a comunicação eficaz e empática, promovendo a participação democrática e ativa da cidadania para a construção de um mundo mais justo e sustentável.

A proposta educativa Conectando Mundos, orienta, este ano, o seu enfoque para os conflitos que acontecem nas nossas relações e o modo de poder abordá-los, não apenas à nossa volta, como no mundo, a fim de analisar e aprender a resolvê-los de uma forma positiva, construtiva e não-violenta. Através de diversas atividades vivenciais e participativas, procuraremos arranjar instrumentos que permitam identificar e analisar qualquer tipo de violência e tirar partido da oportunidade de alteração que cada conflito oferece. Para que os alunos e as alunas tomem consciência da importância de participar ativamente na construção da cultura da paz, procuramos potenciar o desenvolvimento de atitudes pró-ativas para prevenir a violência e a promoção de iniciativas que favoreçam a criatividade, o desenvolvimento sustentável e o direito de todas as pessoas a uma vida digna e em paz.

Estes são os objetivos que definimos para esta edição de Conectando Mundos:


Objetivos da edição

  • Reconhecer a perspetiva positiva e abrangente da paz como o direito de qualquer pessoa a uma vida digna
  • Compreender e analisar de maneira crítica as diferentes formas de violências que existem e as suas consequências
  • Fomentar as atitudes que contribuem para a resolução não-violenta dos conflitos, analisando os elementos que influenciam o seu desenvolvimento
  • Promover a cidadania ativa e o compromisso pessoal e coletivo com a construção da paz, oferecendo alternativas para a mesma e a resolução não-violenta de conflitos.